Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» LUNETA FACIL DE FAZER
Ter Jan 24, 2012 1:15 pm por weber_ab

» NOVO! EFEITO ESTUFA
Qui Nov 05, 2009 4:31 pm por MACR0

» COBRA ESPUMANTE
Seg Set 14, 2009 7:37 pm por MACR0

» onde eu encontro fibra otica
Dom Ago 30, 2009 1:21 pm por wudsonfox

» NEUROTIC QUEST
Dom Ago 30, 2009 12:24 pm por MACR0

» FOGUETE DE PALITO DE FÓSFORO - MUITO FÁCIL! -
Dom Ago 30, 2009 12:15 pm por MACR0

» O QUE SÃO NEURÔNIOS?
Qui Jul 16, 2009 10:07 am por MACR0

» lanpada de graça
Qua Jun 10, 2009 4:45 pm por joh

» maquina de espuma
Qua Jun 10, 2009 4:32 pm por joh

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar

OS ANELÌDEOS

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

OS ANELÌDEOS

Mensagem  MACR0 em Ter Nov 04, 2008 12:21 pm

Os anelídeos são vermes de corpo dividido em anéis alongado, são encontrados em ambientes terrestre, marinhos e dulcícola.

Os seus anéis também são chamados de segmentos ou metâmeros (do grego meta,sucessão; metros, parte). Nos anelídeos a metameria = isto é, a divisão do corpo em metâmeros = apresenta - se tanto externa como internamente, uma vez que cada anel abriga diversos órgãos individualizados, como nervos, estruturas musculares e unidades excretoras.

As minhocas, as sanguessugas e as nereidas são exemplos de anelídeos.

Características gerais dos anelídeos

Os anelideos possuem simetria bilateral, são triblásticos e celomados. A cavidade celômica possui um líquido que atua como veículo de transporte de nutrientes, gases e resíduos do metabolismo entre o sistema cardiovascular e as do organismo.

O corpo dos anelídeos é revestido por um tecido epitelial simples, que secreta uma cutícula delicada, protegendo o organismo contra a desidratação. A parede do corpo contém umamusculatura bem desenvolvida e capaz de permetir o movimento do animal.

Muitos anelídeos são dotados de cerdas quitinosas, estruturas existentes na parede do corpo e que, expandindo - se e retraindo - se, conferem, respectivamente, aspecto liso e áspero ao animal. Esses movimentos das cerdas, associados à ação muscular e nervosa, participam do mecanismo locomotor.

A maioria dos anelídos tem respiração cutânea, isto é, as trocas gasosas entre o organismo e o ambiente são efetuadas através da pele. Mas alguns representantes aquáticos respiram através de brânquias, filamentos delicados, dotados de vasos sanguíneos que, por difusão, retiram gás oxigênio dissolvido na água.

Nos anelídeos surge o sistema cardivascular, ou circulatório, pela primeira vez na escala evolutiva dos animais. O sangue desloca - se por um sistema fechado de vasos e contém pigmentos respiratórios dissolvidos no plasma.

Então os anelídeos possuem sistema digestório completo, com boca e ânus. A excreção é realizada por estruturas denominadas nefrídeos, que eliminam os excretas através de poros que se abrem na superfície do corpo.

Classificação dos Anelídeos

Determinam - se as classes em que os anelídeos se dividem de acordo com a presença ou não de cerdas. Esses animais são classificados em Oligoquetas, Poliquetas Aquetas.

Oligoquetas = Oli - poucas, Quetas - cerdas. Eles são representados pelas minhocas ( Lumbricus terrestris ) e pelo minhocoçu ( Glossoscolex giganteus ) elas vivem em ambientes terrestres, tem fecundação externa e desenvolvimento direto, sem a produção de larvas. A minhoca é um ótimo adubo, quero dizer as fezes dela, a minhoca é de abito noturno, então ela vai cavando a terra e em quato ela vai cavando ela vai emgolindo terra, que depois sera digerida e saira na terra ccomo adubo. A minhoca tem o Humo que é um ótimo adubo, graças a esse Humo muitas pessoas fazem a criação de minhocas que se chama: minhocultura, no próprio Estádio Olímpico do Grêmio os que trabalham na manutenção do campo, colocam minhoca no campo para uma boa drenagem. Nas minhocas, existe o pigmento respiratório que é representado pela Hemoglobina, molécula de natureza protéica e portadora de ferro em sua estrutura.

Poliquetas = Poli - muitas, Quetas - cerdas. Seus representantes são o palolo ( Eunice viridis ) e a nereida ( Nereis sp), eles são animais marinhos, podem viver livremente enterrados na areia ou no interior de tubos de calcários que secretam. Os poliquetas de vida livre são errantes e predadores, com cabeça que exibe órgãos sensoriais representados por olhos e tentáculos. Em cada anel, esses animais possuem um par de apêndices denominados parapódios, que são associados à locomoção, pois é aí que se inserem numerosas cerdas. Os poliquetas são dióicos, com fecundação externa e desenvolvimento indireto, em que a larva é ciliada e denominadaa trocófora.

Aquetas = A - sem,Quetas - cerdas. Eles podem ser também chamados de hirudíneos, seus representantes são as sanguessugas, vermes terrestres ou aquáticos, monóicos e com desenvolvimento direto. As sanguessugas podem ser predadores de pequenos invertebrados ou parasitas. As espécies parasitas fixam - se no hospedeiro através de ventosas, então por meio de pequenos dentes,"raspam" a pele da vítima, provocando hemorragia e sugando o sangue liberado. São capazes de ingerir um volume de sangue correspondente a várias vezes o seu próprio peso. E no passado, as sanguessugas ( Hirudo medicinalis ) foram muito usadas para provocar sangrias em pessoas com pressão alta.

Reprodução das Minhocas
As minhocas são animais hermafroditas, ou seja, um mesmo indivíduo apresenta o sistema reprodutor masculino e o feminino.

Na época da reprodução, duas minhocas unem – se, colocando em contato suas regiões anteriores, pois nelas abrem – se os poros genitais > o masculino abre – se posteriormente ao clitelo e o feminino abre – se no clitelo.

As minhocas trocam espermatozóides e a seguir se separam. O clitelo produz um casulo onde a minhoca eliminará seus óvulos. Nesse casulo são lançados os espermatozóides, recebidos durante a cópula. Ocorre a fecundação, formando vários ovos. O casulo, contendo embriões em desenvolvimento, é encaminhado para a região anterior por ação da musculatura do corpo das minhocas e liberado no solo.

No solo nascem minhocas jovens sem estágio larval, o que caracteriza o desenvolvimento direto.

O corpo

O aparelho digestivo apresenta morfologia variada, conforme os hábitos alimentares. O aparelho circulatório é basicamente formado por um vaso longitudinal dorsal, sobre o tubo digestivo, e por dois vasos longitudinais ventrais, um deles situado sob o tubo digestivo e outro sob o cordão nervoso. A respiração ocorre, em alguns, em redes capilares nas paredes do corpo (minhocas); em outros, através de contrações musculares, e a troca gasosa ocorre nas paredes do intestino terminal. O aparelho excretor é formado por uma série de tubos, com uma extremidade aberta para o exterior e a outra, para o celoma.

O padrão do sistema nervoso é o mesmo em todos os anelídeos e os órgãos dos sentidos refletem o tipo de vida que leva o animal: são mais desenvolvidos em alguns (sanguessugas e poliquetos) e menos em outros, como as minhocas, que têm vida subterrânea. Os poliquetos, na maioria dos casos, têm sexos separados, enquanto os demais anelídeos são hermafroditas. Salvo raríssimas exceções, a fecundação dos poliquetos é externa. Os gametas são descarregados na água, onde ocorre a fecundação. Nos anelídeos hermafroditas, ocorre a cópula e troca de espermatozóides entre os parceiros. A fecundação, todavia, se dá posteriormente, quando os espermatozóides recebidos pelo animal e armazenados em receptáculos seminais fecundam seus óvulos.
avatar
MACR0
NEUROTICO LOUCO
NEUROTICO LOUCO

BOT :
Neurônios : 400003173

Ver perfil do usuário http://neurotic.getgoo.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum